fevereiro 11, 2019

Proteção veicular: cobertura sem perfil de condutor

O cenário econômico em que vivemos hoje, fez com que vários consumidores buscassem alternativas para seus consumos. No ramo automotivo, por exemplo, não é diferente, muitos aderiram o uso de aplicativos de mobilidade,como Uber e Cabify, diminuindo o serviço de transporte privado.

E se tratando do mercado de seguro, os consumidores estão cada vez mais adeptos à proteção veicular. Hoje o mercado de proteção automotiva abrange mais de 5 milhões de associados, já beneficiados. É uma forma de suprir as lacunas que o mercado de seguro não atende.

Estima-se que, há 57 milhões de veículos rejeitados pelas seguradoras, sem considerar o percentual de segurados inaceitáveis que se encontram com restrição cadastral (CPF negativado).

Com isso, o consumidor escolhe a melhor opção para a sua necessidade. Tendo em vista, que em muitos casos é imprescindível manter o veículo protegido. Pois o índice de furtos vem crescendo e cabe a melhor alternativa para se driblar estes acontecimentos.

As associações que atuam no segmento de proteção veicular, têm por objetivo o auxílio mútuo de seus associados em relação a segurança e conservação de veículos. 

Fonte: Globo.com-Portal G1 – Link: https://glo.bo/2Ru9ySt